Mais lidas
Geral

Para ter tarifa zero, aluno de faculdade pública deve comprovar baixa renda

.

GIBA BERGAMIM JR.
SÃO PAULO, SP - O secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto, disse nesta quarta-feira (7) que os alunos de universidade públicas que não comprovarem baixa renda não terão direito à tarifa zero nos ônibus.
"Quem tem renda tem que pagar! O cara é rico! Tem que pagar. A tarifa zero é para quem precisa", disse Tatto.
A gestão Fernando Haddad (PT) estuda isso desde a semana passada.
A administração decidiu fazer esse corte porque, segundo Tatto, há grande quantidade de estudantes de classe média alta em cursos da USP, por exemplo. A restrição deve valer também para estudantes de universidades federais.
O secretário disse que a ideia é que os estudantes de universidades públicas apresentem uma comprovação de renda baixa. Isso ainda será regulamentado.
Tatto agora discutirá os detalhes com o governo estadual, que dará tarifa zero nos trens, metrô e ônibus intermunicipais.
Alunos de escolas estaduais e municipais não precisarão comprovar renda. Segundo Tatto, porque a maioria dos estudantes nessas escolas são de baixa renda.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber