Facebook Img Logo
Mais lidas
Geral

Índia prende cinco por sequestro e estupro coletivo de turista japonesa

.

SÃO PAULO, SP - A polícia indiana prendeu neste sábado (3) cinco homens supostamente ligados ao sequestro e estupro coletivo de uma turista japonesa de 23 anos em novembro de 2014. 

A mulher registrou a denúncia por meio do consulado japonês em Calcutá, no leste da Índia. 

Segundo a polícia, ela disse que estava hospedada em um hotel econômico em Digha, no Estado de West Bengal, em novembro, quando três homens que falavam japonês se apresentaram como guias turísticos e a convidaram para conhecer a cidade. 

Então, os homens a teriam levado a um resort da região, onde sacaram 76 mil rúpias (cerca de R$ 3.200) de sua conta em um caixa eletrônico e a estupraram. 

Depois, eles foram para Bodh Gaya, grande centro de peregrinação budista e turístico no Estado de Bihar. 

Lá, mais dois homens teriam se juntado ao grupo e também a estuprado. A mulher ficou refém dos homens por semanas, segundo a BBC, até conseguir fugir no fim de dezembro. 

A jovem então foi para a cidade de Varanasi, de onde viajou para Calcutá. Em 26 de dezembro, ela conseguiu chegar ao consulado japonês. 

PERIGO 

A polícia de Nova Déli divulgou na sexta-feira (2) que os crimes contra as mulheres aumentaram 18,3% na cidade em 2014. No caso de estupros, o aumento foi de 31,6%. 

Frente aos números, o comissário de polícia da capital indiana, B.S. Bassi, disse que todas as mulheres deveriam ser treinadas em defesa pessoal. "Quero que toda mulher tenha faixa marrom de judô", afirmou, segundo a agência indiana "Ians".

De acordo com os dados da polícia, até o dia 15 de dezembro de 2014, foram registradas 14.687 violações do código penal contra mulheres em Nova Déli. Em 2013, o número foi de 12.410 violações.
Dos casos de 2014, 2.069 foram estupros (foram 1.571 em 2013), 4.179 abusos sexuais (3.345 em 2013) e 1.282 assédios (879 de 2013). 

Segundo dados da Agência Nacional de Registro de Crimes divulgados em meados de junho, as denúncias por estupro na Índia aumentaram 35% em 2013 em relação ao ano anterior, enquanto os crimes contra a mulher cresceram 26%. 

Em dezembro de 2012, o brutal estupro e assassinato de uma estudante de 23 anos em Nova Déli gerou uma onda de protestos e um debate sem precedentes no país sobre a situação da mulher.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Geral

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber