Mais lidas
Geral

Motorista leva duas horas para andar 7 km na volta do litoral norte a SP

.

JULIANA COISSI
SÃO PAULO, SP - O paulistano tem demorado cerca de duas horas para percorrer apenas sete quilômetros, sem sair de São Sebastião (cidade do litoral norte paulista), no retorno a São Paulo após o feriado prolongado de fim de ano.
A demora em vencer os sete quilômetros ocorre devido ao congestionamento na rodovia Rio-Santos, entre as praias de Maresias e Boiçucanga, no início da tarde deste sábado (3).
Além da quantidade de carros, outro motivo é a erosão no km 157 da rodovia, que ocorreu durante o temporal que atingiu a região na semana do Natal.
Na tarde deste sábado (3), quem saía de Juqueí relatava demorar 1h20 para chegar à praia vizinha, Barra do Una, distante apenas seis quilômetros.
O grupo do arquiteto Michel Santiago, 37, saiu de Paúba, praia posterior a Maresias, às 12h40. "A gente queria almoçar em São Paulo, mas acho que nem jantar dará". Às 17h, cansados, decidiram almoçar em Barra do Una, praia ainda em São Sebastião e a 198 km de São Paulo.
O aposentado José Lourenço arrependeu-se - "e muito" - da ideia de sair de São Paulo às 6h30 e curtir apenas um dia de praia no litoral norte. Demorou 6h apenas para chegar no mar.
No fim da tarde, em Barra do Una, pronto para a viagem de volta, ele se assustou com o trânsito formado na Rio-Santos e decidiu parar em um restaurante e pensar em um plano B. "Se não melhorar esse congestionamento, vamos dormir por aqui mesmo."
A ideia de parar para comer foi a mesma da arquiteta Rosane Nigro, 37. "Alguns amigos que estavam comigo na praia, em Camburi, vão arriscar de voltar amanhã. Eu quis fugir do trânsito e vir hoje. Acho que errei, né?".
Às 19h, era possível ver pessoas paradas na Rio-Santos, do lado de fora dos carros, na altura de Barra do Una. Outra cena comum eram motoristas desistirem da viagem e, irregularmente, atravessar a pista em conversão proibida para desviar do trânsito até São Paulo.
CHUVAS
Não só o trânsito atrapalhou o dia de quem está no litoral note. As chuvas que atingiram São Sebastião entre sexta-feira e sábado provocaram pontos de alagamento no bairro de Enseada, na costa norte, e queda de árvores na costa sul.
A precipitação chegou a 83 milímetros em um período de sete horas, segundo o chefe da Defesa Civil, Carlos Eduardo dos Santos. Na véspera do Natal, o volume foi de 179 mm em dez horas –o equivalente a dois meses de precipitações.
Neste sábado (3), um carro e uma casa foram atingidos em Boiçucanga, mas ninguém se feriu. Na noite de sexta, uma árvore caiu sobre a rede elétrica e deixou a praia de Camburi sem luz por duas horas.
OUTRAS RODOVIAS
As rodovias do litoral de São Paulo apresentam no final da tarde deste sábado (3) trânsito intenso e pontos de congestionamento no sentido capital.
Na Cônego Domênico Rangoni há 19 quilômetros de filas (do km 248 ao km 260 e do km 8 ao km 1). Na Padre Manoel da Nóbrega, o congestionamento vai do km 292 ao km 281.
Na Imigrantes o trânsito é intenso e há lentidão do km 62 ao km 58.
As demais rodovias do litoral também têm tráfego pesado com pontos de congestionamento. Na Padre Manoel da Nóbrega há paradas do km 312 ao km 292. Na Mogi-Bertioga, o tráfego é lento do km 94 ao km 74. Também há pontos de congestionamento na Tamoios (do km 80 ao 67) e na Oswaldo Cruz (do km 94 ao 76).




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber