Geral

Trem turístico tomba e fere mais de 20 crianças em Piracicaba, SP

Da Redação ·
Imagem ilustrativa da notícia Trem turístico tomba e fere mais de 20 crianças em Piracicaba, SP
fonte: Nikolas Capp/EPTV)
Trem turístico tomba e fere mais de 20 crianças em Piracicaba, SP

O motorista que conduzia o trem turístico que tombou e deixou 23 crianças feridas em Piracicaba, no interior de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (30), vai responder por lesão corporal culposa (sem intenção). O acidente aconteceu na Rua São José, nas proximidades da Rua do Porto. Segundo a polícia, apenas o primeiro vagão tinha freio.

continua após publicidade


De acordo com a diretora da escola, todas as crianças tinham autorização dos pais para fazer o passeio. Elas tinham entre 2 e 5 anos de idade.

O grupo de alunos da escola particular Sossego da Mamãe fazia o trajeto da escola até um salão infantil para comemorar o aniversário de uma das crianças. Uma professora chegou a ficar presa nas ferragens. Não houve vítimas com ferimentos graves. Ao todo, o veículo transportava 37 pessoas: nove professores, 25 crianças e três familiares do aniversariante.

continua após publicidade

A mãe da criança contratou o trem do Lar dos Velhinhos para levar o grupo até o local do evento, que fica a dois quarteirões de onde o acidente ocorreu.


De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros, Adriano Rédua, oito equipes da corporação participaram do resgate com 21 homens, além de equipes do Samu e carros de hospitais particulares. Rédua diz que as 23 vítimas socorridas foram levadas para os hospitais com equipes de pediatria: Piracicamirim, Vila Cristina e Clínica Dia.


Os primeiros-socorros das crianças foram realizados na garagem de uma moradora até a chegada dos bombeiros. Entre os feridos está o avô do aniversariante e uma professora que, com a queda, ficou presa entre os vagões. Os dois também tiveram apenas ferimentos leves.

continua após publicidade


O trenzinho possui dois vagões. Uma das hipóteses é que o motorista tenha perdido o freio na via que está localizada em um local bastante íngreme. De acordo com Rédua, a versão dada pelo motorista é que, na descida, os vagões saíram do eixo, causando um efeito em "L".


A diretora da escola diz que pediu para o motorista não descer a rua porque era muito íngreme e, mesmo assim, ele desceu. “Ele tentou fugir quando o trem tombou."