Geral

Empresa 'vigiará' coleta de lixo em SP

Da Redação ·
O prefeito Gilberto Kassab (sem partido) vai contratar uma empresa para fiscalizar a coleta do lixo em São Paulo. Por R$ 37 milhões, a contratada vai relatar à Prefeitura as falhas das duas concessionárias (Loga e Ecourbis) na retirada dos sacos de lixos das ruas. Atualmente o trabalho de acompanhar a qualidade da coleta é realizado, nos 17 mil quilômetros de ruas da capital, por cerca de 300 fiscais das 31 subprefeituras. A contratação de uma empresa para fiscalizar a coleta do lixo estava prevista no contrato assinado com as empresas há oito anos. A previsão do governo municipal é de que o novo serviço entre em operação a partir do segundo semestre. O governo espera com a contratação melhorar a qualidade da coleta e da limpeza da cidade, serviços que vêm sofrendo duras críticas da população. A futura contratada vai avaliar o desempenho da coleta em todas as regiões da capital e repassar os dados à Secretaria Municipal de Serviços. Os atrasos dos caminhões, por exemplo, que muitas vezes passam para retirar o lixo quando os sacos já foram abertos pelos catadores de rua, serão informados ao governo e vão resultar em multa. Outra tarefa da empresa será consultar a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) para saber se os valores cobrados pelas empresas do lixo estão compatíveis com os existentes no mercado e de acordo com os contratos assinados em 2003, com concessão válida por 20 anos. Com a medida, Kassab pretende pressionar as empresas a prestarem um trabalho melhor. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
continua após publicidade