Geral

Ataques contra a polícia matam 25 no norte do Iraque

Da Redação ·
Uma série de ataques contra a polícia na cidade de Kirkuk, no norte do Iraque, matou pelo menos 25 pessoas e feriu outras 79 hoje. Os ataques ocorreram na cidade rica em petróleo, onde convivem várias etnias. As três explosões, de dois carros-bomba e de uma bomba colocada em um carro, ocorreram com uma hora de intervalo, segundo fontes do setor de segurança. A primeira explosão aconteceu às 9h20 (horário local), em um estacionamento, segundo o major Salam Zangan. Quando a polícia e equipes de emergência chegaram ao local, um carro-bomba foi detonado. Uma hora mais tarde, outro carro-bomba explodiu na cidade, de acordo com o coronel Aras Mohammed. Autoridades pediram aos moradores que fossem ao hospital doar sangue. Kirkuk fica no centro de um território disputado entre o governo central de Bagdá e autoridades curdas. Funcionários dos Estados Unidos afirmam que essa disputa não resolvida é uma das maiores ameaças para a estabilidade futura do país. O número de mortos nos ataques de hoje é o mais alto no Iraque desde 29 de março, quando um grupo de homens da Al-Qaeda atacou um prédio do conselho provincial na cidade de Tikrit, matando 58 pessoas. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade