Geral

Investigação do voo 447 sugere falha humana, diz jornal

Da Redação ·
A investigação francesa sobre o acidente com o voo 447, da Air France, que caiu no Oceano Atlântico há quase dois anos, não mostra falhas na aeronave, informou hoje o jornal Le Figaro. O diário cita fontes próximas dos investigadores do acidente. Os investigadores começaram a analisar os dados registrados no gravador do voo, porém até o momento não observaram falhas na parte mecânica ou eletrônica do avião, informou o jornal. Os resultados, se confirmados, podem apontar para uma falha humana, segundo o Le Figaro. O modelo Airbus A330 partiu do Rio de Janeiro e seguiria até Paris, porém caiu no Oceano Atlântico em junho de 2009. Todas as 228 pessoas a bordo morreram. Investigadores encontraram as caixas-pretas com os dados do voo este mês. O Escritório de Investigações e Análise para a Aviação Civil (BEA, na sigla em francês), autoridade que investiga o acidente, divulgou comunicado hoje negando-se a referendar a matéria do jornal francês, dizendo que essa informação não foi confirmada. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade