Geral

Três suspeitos de atentado são presos no Marrocos

Da Redação ·
O Marrocos prendeu o principal suspeito e mais dois outros marroquinos acusados de participarem do atentado a bomba na cidade de Marrakesh que matou 16 pessoas e deixou 21 feridos no mês passado, disseram funcionários do Ministério do Interior à France Presse. O suspeito principal "está ligado à Al-Qaeda e fabricou a bomba" que explodiu em um café na Praça Djemaa El-Fna, coração turístico de Marrakesh, declarou o funcionário. Os três marroquinos foram presos em Safi, 350 quilômetros ao sul de Casablanca, disse um funcionário da segurança, acrescentando que eles tinham antecedentes criminais e eram conhecidos por fazerem parte do recrutamento de combatentes para o Iraque. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade