Geral

Reconhecimento de união gay tem 8 votos a favor no STF

Da Redação ·
Já são oito os votos favoráveis ao reconhecimento legal da união homoafetiva no julgamento que está sendo realizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Até o início da noite de hoje, não houve nenhum voto contrário à matéria e faltam apenas dois votos para o final do julgamento. Depois do intervalo da sessão do STF, no meio da tarde, já votaram o ministro Gilmar Mendes, a ministra Ellen Gracie, e o ministro Marco Aurélio de Melo. Mendes concordou pelo reconhecimento das uniões homoafetivas como entidade familiar, mas disse, assim como o ministro Ricardo Lewandowski já havia dito, que o Supremo não poderia detalhar todos os direitos dos homossexuais. Os dois ministros fizeram restrições a estender para as uniões gays todos os direitos previstos para os heterossexuais. A ministra Ellen Gracie e o ministro Marco Aurélio seguiram o voto do relator, ministro Carlos Ayres Britto. Da mesma forma, já haviam votado os ministros Luiz Fux, Carmem Lúcia e Joaquim Barbosa. Faltam dar seu voto os ministros Celso de Mello e Cezar Peluso. Apesar da maioria dos votos já terem sido dados, os ministros do STF podem mudar seu voto até o final do julgamento.
continua após publicidade