Geral

Garcia defende busca de solução efetiva para terrorismo

Da Redação ·
O assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, afirmou hoje, ao se manifestar sobre a morte do líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, que a comunidade mundial não deve se dar por satisfeita e deve buscar soluções efetivas para o problema do terrorismo. "Se acham que o problema do terrorismo está resolvido com a morte do Bin Laden, estão muito enganados", afirmou. Ele teme que haja represálias à ação do governo norte-americano. "Isso é mais ou menos o que todo mundo acredita que vai haver", disse. Garcia deu as declarações ao chegar para o almoço oferecido pelo governo brasileiro ao presidente da Alemanha, Christian Wulff e sua comitiva, no Palácio do Itamaraty. Para ele, a morte do radical islâmico não encerra a questão. "O problema do terrorismo evidentemente se resolve com repressão, mas não apenas com isso", enfatizou. "É sobretudo atacando as causas fundamentais do terrorismo", completou.
continua após publicidade