Geral

Pela primeira vez, funcionários entram em usina no Japão

Da Redação ·
Trabalhadores entraram hoje no prédio onde fica o reator da usina nuclear Daiichi, em Fukushima (Japão), pela primeira vez desde que uma explosão atingiu o local, um dia após o terremoto e o tsunami registrados em 11 de março. Com máscaras de gás e roupas protetoras, com tanques de oxigênio nas costas, 12 trabalhadores entraram no prédio para medir os níveis de radiação, disseram funcionários da Tokyo Electric Power (Tepco), proprietária da usina. Além disso, eles tinham como meta instalar dutos de ventilação. A Tepco trabalha agora para reparar os sistemas de refrigeração, permitindo o controle total da usina. Cada trabalhador ficou apenas alguns minutos na usina, para evitar a exposição a uma grande quantidade de radiação. A crise na unidade é a segunda maior da história. Três de seus seis reatores ainda representam um risco. A Tepco prevê que vai levar de seis a nove meses para controlar a situação. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade