Geral

França faz expedição para resgatar corpos de vítimas

Da Redação ·
A polícia francesa iniciou hoje uma operação destinada a recuperar os corpos dos passageiros do voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico, enquanto voava do Rio de Janeiro à Paris, em 2009. Até agora, nenhum corpo foi encontrado, declarou uma fonte próxima da equipe de busca, informou a agência France Presse. A operação está em dia com o plano anunciado no mês passado pela França. "O problema com os corpos é penoso. Há o aspecto traumatizante, pois não sabemos em que estado eles estão", disse Robert Sulas, vice-presidente da associação de vítimas francesas, há um mês. Mas os parentes brasileiros das vítimas pediram hoje também que os investigadores recolham todos os restos do fundo do oceano independentemente do estado em que estejam e que a caixa preta seja analisada fora da França. "Queremos todos os corpos ou partes deles, qualquer seja o estado, para analisarmos e devolvê-los às suas famílias", disse o presidente da associação brasileira de familiares das vítimas, Nelson Faria Marinho. O Airbus 330 caiu na rota entre o Rio de Janeiro e Paris em 1º de junho de 2009, matando as 228 pessoas a bordo. Os pesquisadores anunciaram que encontraram o principal destroço no mês passado a uma profundidade de 4 mil metros. Ontem, eles anunciaram que a causa do desastre continua obscura, mas parte da culpa do acidente tem sido creditada ao funcionamento defeituoso dos sensores de velocidade do Airbus. A fabricante europeia e a empresa aérea estão sendo investigadas por homicídio involuntário. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade