Geral

Príncipe do Bahrein recusa convite para casamento de WIlliam e Kate

Da Redação ·
 Hasan Jamali/14.05.2010/AP
fonte: O príncipe Salman ben Hamad al Khalifa, que recusou o convite para o casamento de William e Kate Middleton
Hasan Jamali/14.05.2010/AP

O príncipe herdeiro do Bahrein, Salman ben Hamad al Khalifa, cujo país foi duramente criticado pela imprensa britânica pela repressão das manifestações pró-democráticas, anunciou neste domingo (24) que não participará do casamento do príncipe William e Kate Middleton.

continua após publicidade

Segundo um comunicado de seu gabinete, o príncipe Salman expressou em uma mensagem ao príncipe William que lamentava ter de declinar o convite depois de ter esperado em vão que "os acontecimentos atuais, resultado da recente agitação no Bahrein, melhorassem" para permitir sua participação no casamento.

Salman mostrou-se também "triste" pelas recentes críticas na imprensa britânica referente à sua presença no casamento real que "deformaram meus pontos de vista, minha aproximação e minha posição" sobre a situação no país e que "buscaram claramente dar à minha eventual presença uma dimensão política".

continua após publicidade

O príncipe Salman está na lista de convidados do casamento real britânico, mas não seu pai, o rei Hamad, cujo governo colocou fim de forma brutal em meados de março a um mês de protestos contra o regime. As manifestações foram lideradas pela maioria xiita do Bahrein, um país governado pela minoria sunita.

Dos cerca de 1.900 convidados para a cerimônia, a presença do príncipe do Bahrein tinha sido a mais criticada pelos veículos da imprensa britânica.