Geral

Francês escala o prédio mais alto do mundo, em Dubai

Da Redação ·
O aventureiro francês Alain Robert, conhecido como o "Homem-Aranha", escalou hoje o Burj Khalifa, edifício mais alto do planeta. Robert, de 48 anos, levou pouco mais de seis horas para escalar os 828 metros do prédio situado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Ao contrário da maior parte de suas façanhas anteriores, o francês utilizou uma corda de rapel e contava com autorização das autoridades locais. O aparato de segurança foi uma exigência dos organizadores da escalada. Em entrevista concedida à Associated Press antes de iniciar a subida, no entanto, o próprio Robert observou que seria muito difícil passar dos 700 metros sem a ajuda de algum equipamento de escalada, por conta do design em espiral do topo do edifício. Uma ambulância com paramédicos estava estacionada em caráter de prontidão para o caso de acidente. À medida que anoitecia, poderosos feixes de luz passaram a iluminar a face do prédio pela qual ele subia. Observado do chão, Alain Robert parecia um minúsculo ponto difícil de ser acompanhado pelas centenas de pessoas que assistiam à escalada depois que a noite caiu. Robert já escalou mais de 70 arranha-céus pelo mundo, segundo sua página na internet. Entre suas façanhas mais conhecidas figuram as escaladas do Empire State Building, em Nova York, da Willis Tower, em Chicago (ambas nos Estados Unidos), e das Torres Petronas, em Kuala Lumpur (Malásia). Em 2004 ele escalou o Taipé 101 (Taiwan), que era o edifício mais alto do mundo antes da inauguração do Burj Khalifa, em janeiro do ano passado. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade