Geral

Tombamento de fábrica de cervejaria é revogado no Rio

Da Redação ·
A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) revogou o tombamento da fábrica da cervejaria Brahma, inaugurada em 1888, para permitir uma reforma que vai ampliar a capacidade do sambódromo carioca e adaptar o espaço para a realização das provas de tiro com arco nos Jogos Olímpicos de 2016. O prédio será demolido para a construção de novos espaços para o público dos desfiles de carnaval, aumentando a capacidade máxima de 60 mil para 77.800 lugares. A Ambev, proprietária da Brahma, vai ceder o terreno da fábrica à prefeitura e custear as obras no sambódromo, orçadas em R$ 30 milhões. Em troca, terá direito a erguer um prédio de até 80 metros de altura na região. O projeto ainda precisa ser avaliado pelo governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar o texto.
continua após publicidade