Geral

Radioatividade faz EUA proibirem alimentos do Japão

Da Redação ·

Os EUA anunciaram nesta terça-feira que proibirão a importação de alguns alimentos do Japão por temerem a radiação e contaminação nuclear após o terremoto e tsunami ocorridos no dia 11. A Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA), que regula todas as importações de alimentos do país, anunciou em comunicado que havia emitido um alerta às importações de leite e produtos lácteos, verduras e frutas frescas das regiões japonesas de Fukushima, Ibaraki, Tochigi e Gunma. Nesta quarta-feira, no horário local, o primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, ordenou a proibição da venda de leite e verduras (principalmente espinafre, brócolis, couve e couve-flor) procedentes das cidades de Fukushima e Ibaraki, no nordeste do país, devido aos altos índices de radioatividade emanados da usina nuclear de Fukushima. O ministério da Saúde também solicitou às cidades de Chiba e Ibaraki que reforcem os programas de inspeção dos produtos pescados em sua costa. As informações são da Dow Jones.

continua após publicidade