Geral

Hillary e Sarkozy discutem situação na Líbia

Da Redação ·
A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, teve uma reunião com o presidente da França, Nicolas Sarkozy, hoje em Paris. Ainda não foram divulgados detalhes da reunião, mas Hillary terá um outro encontro, ainda hoje, com um representante da oposição líbia. Será a primeira reunião da administração do presidente norte-americano Barack Obama com um representante da insurgência contra o ditador Muamar Kadafi. A França reconheceu o Conselho Nacional da Líbia, em Benghazi, como governo legítimo do país. Enquanto Hillary estava reunida com Sarkozy, Obama fez um novo alerta para Kadafi deixar o poder, após 41 anos. "Kadafi perdeu legitimidade e precisa partir", disse Obama. O governo dos EUA, embora tenha cortado os laços com a Embaixada da Líbia em Washington, ainda não possui uma posição clara sobre a criação de uma zona de exclusão aérea, que é defendida pela França e Grã-Bretanha para impedir que Kadafi bombardeie os insurgentes. Hillary terá uma reunião mais tarde hoje com o xeque líbio Abdullah bin Zayed al Nahyan. Ambos discutirão "eventos que acontecem na região e é óbvio que isso inclui tudo que está ocorrendo", disse a secretária, sem entrar em detalhes sobre o conflito líbio. De Paris, Hillary viajará para a Tunísia e Egito. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.
continua após publicidade