Geral

EUA pedem que Aristide só volte ao Haiti após eleição

Da Redação ·
Os Estados Unidos pediram ao ex-presidente do Haiti, Jean-Bertrand Aristide, que adie seu retorno ao país para depois das eleições de domingo, afirmando que sua presença pode ser "desestabilizadora". O porta-voz do Departamento de Estado, Mark Toner, disse hoje que a decisão de permitir que Aristide encerre seus sete anos de exílio "depende do governo do Haiti". Mas ele lembrou que o anúncio do iminente retorno de Aristide antes do segundo turno da eleição presidencial "só pode ser visto como uma escolha consciente para causar impacto nas eleições haitianas". "Nós pedimos ao ex-presidente Aristide que adie seu retorno até depois da conclusão do processo eleitoral, para permitir que o povo haitiano vote numa atmosfera pacífica", disse o porta-voz. "Seu retorno antes da eleição pode ter o potencial de desestabilizar o processo político". Na sexta-feira, partidários de Aristide disseram que a saída do ex-presidente da África do Sul, onde está exilado, e seu retorno ao Haiti era "iminente". As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade