Geral

Racionamento de energia no Japão começa amanhã

Da Redação ·
As empresas de energia Tokyo Electric Power e Tohoku Electric Power vão implementar cortes programados e rotativos de fornecimento em suas áreas de atuação para evitar um blecaute mais amplo, afirmou neste domingo o ministro da Energia Banri Kaieda. "Para evitar uma falta de energia maior, o uso planejado de fornecimento não pode ser evitado", disse o ministro. Os cortes no fornecimento, de cerca de três horas cada, terão início amanhã. O objetivo é ajudar a distribuir energia elétrica por todo o país depois da queda na produção em usinas nucleares que ficaram inoperantes após o terremoto e o tsunami no nordeste do Japão. "Estamos fazendo tudo o que podemos para restaurar o fornecimento de energia o mais rápido possível", disse o ministro. Segundo Banri Kaieda, a expectativa é de uma queda de 25% na capacidade geradora de energia. As autoridades pediram aos japoneses que compreendam e apoiem a medida, dizendo que esta é a pior crise enfrentada pelo país desde a Segunda Guerra Mundial. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.
continua após publicidade