Geral

Substâncias radioativas podem já ter vazado no Japão

Da Redação ·
Substâncias radioativas podem já ter vazado de um dos seis reatores nucleares da usina atômica de Fukushima Daiichi, advertiu neste sábado (no horário local) a Tokyo Electric Power, operadora da instalação, citada pela agência de notícias Kyodo News. O nível de radiação estava oito vezes acima do normal em um posto de monitoramento perto do portão de entrada da usina, informou a Agência de Segurança Industrial e Nuclear do Japão, subordinada ao Ministério da Indústria. Na sala de controle da usina, prosseguiu a entidade, o nível de radiação estava mil vezes acima do normal. Autoridades japonesas informaram anteriormente a respeito da liberação de vapor para aliviar a pressão no reator número 1 da usina, localizada no nordeste do Japão, cujo sistema de resfriamento parou de funcionar. A interrupção ocorreu após uma queda de energia causada pelo terremoto que atingiu o país. A agência de segurança nuclear do Japão disse que o elemento radioativo no vapor liberado não afetaria o meio ambiente nem a saúde humana. O chefe do gabinete de governo do Japão, Yukio Edano, assegurou que as medidas de segurança adotadas são suficientes para garantir a segurança dos moradores da região. Quase 3 mil pessoas foram retiradas das proximidades da usina como medida de precaução, segundo a agência de notícias Kyodo. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.
continua após publicidade