Geral

Fracassa resgate de dinamarqueses em poder de piratas

Da Redação ·
Um funcionário do governo do Quênia disse hoje que uma tentativa de libertar uma família dinamarquesa do poder de piratas somalis fracassou. O pirata Bile Hussein afirma que forças da região semiautônoma de Puntland, no norte da Somália, atacaram o vilarejo de Hul Anod, onde a família é mantida por seus captores, mas foram rechaçadas. Ele disse que alguns soldados de Puntland foram mortos e outros capturados, mas não forneceu números exatos de baixas. Um funcionário do governo do Quênia confirmou em Nairóbi o incidente, citando autoridades de Puntland. Ele diz que os piratas emboscaram as forças do governo, que estavam na missão de resgate. Ele falou sob anonimato. O casal dinamarquês Johansen, seus três filhos, com idades entre 12 e 16 anos, e mais dois membros da tripulação foram sequestrados há duas semanas pelos piratas somalis no Mar da Arábia. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade