Geral

Premiê renuncia e Madagáscar deve formar novo governo

Da Redação ·
O presidente de Madagáscar, Andry Rajoelina, informou que um governo transitório multipartidário será formado nos próximos dias para ajudar a resolver a crise política no país, localizado no Oceano Índico. Rajoelina disse que o primeiro-ministro e seu governo renunciaram. O presidente pode permanecer no poder até as eleições, mas deve escolher um primeiro-ministro e um governo a partir dos candidatos apresentados por todos os partidos. A renúncia anunciada hoje ocorre após um acordo feito ontem e assinado por todos os partidos, exceto o do presidente deposto Marc Ravalomanana, que aprovou o processo de mediação, porém disse que o acordo dá ao presidente muito poder, especialmente o de escolher um primeiro-ministro a partir de indicações. Rajoelina chegou ao poder em 2009, com apoio militar. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade