Geral

Procon-SP chama concessionárias para explicar apagão

Da Redação ·
A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) convocou hoje a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) e a AES Eletropaulo a darem explicações a respeito do apagão ocorrido ontem, que atingiu as zonas sul, centro e oeste da capital paulista. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), determinou ontem que a Secretaria Estadual de Energia e o Procon convocassem as concessionárias para prestar esclarecimentos sobre a falta de luz que afetou 2,5 milhões de pessoas e atingiu mais de 20 bairros. A reunião com as concessionárias está prevista para às 15h. A Eletropaulo terá de dar mais detalhes sobre os motivos e o tempo de duração do apagão, o total de consumidores afetados, o ressarcimento dos prejuízos e as ações tomadas para solucionar o problema. Deverá, ainda, apresentar o plano de contingência proposto para o verão, época de fortes chuvas. Após as explicações, o Procon-SP vai avaliar se a empresa vai ou não responder a processo administrativo. Uma condenação pode resultar em multa, com base no artigo 57 do Código de Defesa do Consumidor. A Eletropaulo também deve explicações sobre a demora no restabelecimento de energia ocorrido há uma semana no bairro Jardim Santa Cristina, em Santo André, Grande São Paulo. O local ficou três dias sem luz elétrica.
continua após publicidade