Geral

Gerente do Google detido no Egito é libertado

Da Redação ·
O Google informou hoje que seu gerente de marketing Wael Ghoneim foi libertado no Egito, após ter sido detido há duas semanas durante os protestos contra o presidente egípcio Hosni Mubarak. O Google divulgou um comunicado no qual manifestou "imenso alívio" pela libertação de Ghoneim. O gerente foi detido após ter participado das manifestações que exigem a renúncia de Mubarak. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade