Geral

Incêndio mata 4 crianças nas proximidades de Roma

Da Redação ·
Quatro crianças morreram em um incêndio em um campo onde vivem ciganos na Itália, informaram funcionários hoje. O incidente reacendeu no país o debate sobre as péssimas condições de moradia para parte da população. Os três garotos e uma garota, com idades entre 3 e 11 anos, eram cidadãos romenos, informou a polícia da capital italiana. Eles morreram enquanto dormiam, segundo a polícia. O incêndio pode ter sido causado por uma fogueira acesa para aquecer o campo. O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, qualificou as mortes como uma "tragédia terrível". A família vivia em uma moradia ilegal nas proximidades de Roma. Alemanno disse que os campos ilegais devem ser fechados e as pessoas, transferidas para moradias seguras e legalizadas. A entidade pelos direitos humanos Council of Europe afirmou que as mortes eram uma triste lembrança sobre as condições de vida para muitos ciganos. "Ainda que as causas desse incidente precisem ainda ser determinadas, está claro" que os ciganos "são uma minoria vulnerável e merecem nossa proteção", afirmou o vice-secretário-geral da entidade, Maud de Boer Buquicchio. Há 7 mil ciganos na capital italiana, segundo o jornal local Corriere della Sera, quase a metade deles menores de idade. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade