Geral

Bascos lançam partido na Espanha e se afastam do ETA

Da Redação ·
Os separatistas bascos lançaram hoje um novo partido político, que segundo eles rejeita a violência do grupo separatista Pátria Basca e Liberdade (ETA). A ação é um passo sem precedentes na Espanha, com a meta de fazer a região basca caminhar para a paz. O partido foi apresentado por mais de dez ativistas, incluindo ex-membros de grupos banidos e até um ex-militante do ETA. Nos últimos anos, tribunais espanhóis baniram vários partidos bascos porque eles não condenavam a violência do grupo separatista. De acordo com uma lei da Espanha, todos os partidos devem rejeitar a violência. A lei de 2003 deixou simpatizantes do ETA no País Basco sem qualquer representação parlamentar. Eles esperam agora que, ao rejeitar a violência, os membros do partido possam concorrer nas eleições municipais de maio. Cabe ao Ministério do Interior decidir se o partido poderá disputar cargos nas urnas. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade