Geral

Na Jordânia, rei muda governo e nomeia novo premiê

Da Redação ·
O rei Abdullah II da Jordânia nomeou hoje Maruf Bakhit como novo primeiro-ministro do país, informou o palácio. A ordem do monarca é para que o premiê realize "verdadeiras reformas políticas", após semanas de protestos da oposição pedindo mudanças, entre elas eleições para o posto de primeiro-ministro. "O rei Abdullah II designou Maruf Bakhit para formar um novo governo para substituir o governo de Samir Rifai", afirmou o palácio em comunicado. "A missão de Bakhit é tomar passos práticos, rápidos e tangíveis para lançar verdadeiras reformas políticas, intensificar o rumo democrático na Jordânia e garantir uma vida decente e segura para todos os jordanianos." A poderosa oposição da raízes islâmicas na Jordânia afirmou ontem que havia começado um diálogo com o governo, dizendo que, diferentemente dos protestos no Egito, não busca uma mudança de regime. As exigências da oposição na Jordânia incluem "a renúncia do governo, uma emenda à lei eleitoral e a formação de um governo de salvação nacional chefiado por um primeiro-ministro eleito", afirmou um membro do conselho executivo da Frente Ação Islâmica, Zaki Bani Rsheid, em entrevista à France Presse. Rifai formou um primeiro governo em dezembro de 2009, reformulando-o em novembro de 2010. Já Bakhit, nascido em 1947, havia atuado como primeiro-ministro do país entre 2005 e 2007. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade