Geral

Em SP, Ipiranga tem volume de chuva 4 vezes maior

Da Redação ·

Em janeiro, choveu quatro vezes mais que o normal no Ipiranga, zona sul de São Paulo. A região é onde o índice pluviométrico mais cresceu proporcionalmente e a quarta onde mais choveu. Os dados são do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), que mostra o ranking de chuvas em 31 estações meteorológicas. Em cinco delas, choveu mais de 500 milímetros - quando a média da cidade é 239 mm. A medição foi feita do dia 1.º ao 30. O recorde absoluto de temporais foi em Aricanduva/Vila Formosa, na zona leste, onde choveu 622,2 mm em 30 dias. Em segundo lugar veio a Vila Prudente, também na zona leste, com 557,7 mm de chuva e a Vila Maria/Vila Guilherme, na zona norte, em terceiro, com 554 mm. Todos superaram em mais de três vezes as próprias médias históricas. A discrepância do Ipiranga é que lá, historicamente, não é um bairro tão chuvoso assim: a média dos últimos oito anos para a região é de 131 mm, mas neste ano choveu 549 mm, mais que o quádruplo do normal. No Bom Retiro, região central, onde o nível de chuva nesse período é normalmente alto - são 224,8mm de média -, ainda assim choveu mais que o dobro: 502,mm. Em uma comparação por zonas, o centro ficou com o maior índice de chuvas (483,7 mm), seguido da zona oeste (445 mm) e da zona norte (427,4 mm), batendo até a zona leste (412 mm). Na zona sul foi onde menos choveu (346,2 mm). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

continua após publicidade