Geral

ElBaradei diz que pode 'liderar transição' no Egito

Da Redação ·
O vencedor do prêmio Nobel da Paz Mohamed ElBaradei afirmou hoje que está pronto para "liderar a transição" no Egito, caso essa tarefa lhe seja solicitada. As declarações do ex-chefe da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) foram feitas antes de ele partir de Viena para o Cairo, onde deve se unir aos grandes protestos que ocorrem no país. "Se as pessoas, particularmente as pessoas jovens, quiserem que eu lidere a transição eu não as decepcionarei", afirmou ElBaradei a jornalistas, em um aeroporto de Viena. O político, que faz oposição ao presidente Ehud Mubarak, acrescentou, porém: "Minha prioridade no momento é ver um novo Egito e ver um novo Egito através de uma transição pacífica". O anúncio da volta de ElBaradei ao país hoje foi feito por seu irmão Ali ElBaradei. O retorno ocorre em meio aos maiores protestos contra o governo local em três décadas. Em uma mensagem postada na rede de microblogs Twitter, o ex-chefe da AIEA disse que apoiava o prosseguimento das manifestações contra Mubarak, há 30 anos no poder. "Nós devemos continuar a exercitar nosso direito à manifestação pacífica e a restaurar nossa liberdade e dignidade. A violência do regime irá se voltar contra ele duramente", disse. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade