Geral

Atirador é indiciado por tentar matar deputada nos EUA

Da Redação ·
Jared Lee Loughner, de 22 anos, o homem acusado de atirar no estacionamento de um supermercado e ter matado seis pessoas em Tucson, Arizona, em 8 de janeiro, se declarou inocente hoje da tentativa de matar a deputada Gabrielle Giffords, de 40 anos, que sobreviveu ao ataque. Entre as pessoas mortas, estavam o juiz federal John Roll e uma menina de 9 anos. Loughner foi indiciado por assassinato em outra audiência e está detido. Hoje, Loughner foi indiciado por tentar assassinar Giffords e dois assessores da congressista. A audiência de hoje ocorreu em Phoenix e Loughner declarou-se inocente das acusações. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade