Geral

Chávez diz que sua reeleição na Venezuela 'está escrita'

Da Redação ·

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ontem que sua reeleição em 2012 "está escrita". Além disso, ele deu a entender que o próximo pode ser seu último mandato à frente do país. "Eu serei eleito em dezembro de 2012. Está escrito", afirmou, em discurso a milhares de manifestantes. "Eu serei seu servidor até 2019 e, então, vou me mandar", brincou ele, enquanto a multidão entoava gritos de apoio ao líder. "Bem, vocês sabem, porque este ano eu farei 57 e estou chegando aos 60", disse. Chávez nasceu em julho de 1954.


O presidente foi eleito pela primeira vez em 1998, então reeleito duas vezes para mandatos de seis anos, no âmbito da Constituição de 2000 da Venezuela. A Constituição foi posteriormente emendada, permitindo reeleições ilimitadas para a presidência. Chávez já notou em várias ocasiões que gostaria de governar até 2030. Ele também disse esperar que seu partido governista vença as eleições legislativas de 2015.


Os parlamentares da oposição dominam 40% das cadeiras na nova Assembleia Nacional do país, desde o início do mês, após as eleições realizadas no ano passado. Com isso, a oposição encerrou um período de cinco anos em que os partidários de Chávez governaram praticamente sem oposição. As informações são da Dow Jones.

continua após publicidade