Geral

Parlamento Europeu protesta contra nova lei de imprensa do país

Da Redação ·
 Membros do Partido Verde protestam contra lei na Hungria que regula a mídia e se aproxima da censura, segundo os legisladores
fonte: Georges Gobet/19.01.2011/AFP
Membros do Partido Verde protestam contra lei na Hungria que regula a mídia e se aproxima da censura, segundo os legisladores

Vários eurodeputados do Partido Verde receberam o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, novo presidente rotativo da União Europeia (UE), com mordaças e manchetes de jornais censuradas durante um protesto nesta quarta-feira (19) contra a polêmica lei de imprensa aprovada por seu governo.

continua após publicidade

Quando Orban tomou a palavra na assembleia de Estrasburgo, no leste da França, para expor as prioridades de sua Presidência da UE, alguns parlamentares europeus agitaram capas dos principais jornais húngaros com as manchetes tapadas por tarjas e a palavra censurado carimbada, enquanto outros usaram uma mordaça na boca.

continua após publicidade

A nova lei de imprensa húngara foi alvo, nos últimos dias, de uma saraivada de críticas por parte da maioria dos grupos políticos da Eurocâmara, que a acusam de se aproximar da censura, segundo Martin Schulz, líder dos socialistas, que exigem sua anulação.

continua após publicidade

O chefe dos liberais, Guy Verhoftstadt, saudou a decisão da Comissão Europeia de exigir novos esclarecimentos do governo húngaro em relação ao conteúdo do texto.

- Quando ameaças deste tipo pesam sobre os valores fundamentais da União Europeia, não há tempo a perder.

continua após publicidade

A obrigação de realizar uma cobertura equilibrada dos acontecimentos nacionais e europeus, sem definir exatamente este termo ou o processo de nomeação dos dirigentes da nova entidade supervisora da imprensa, são duas das disposições da nova legislação que mais preocupam os europeus.
 

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados