Geral

Presidente do Inep é exonerado após crise no Sisu

Da Redação ·
 Joaquim Soares Neto, presidente do Inep, que pediu demissão do cargo
fonte: Agência Brasil
Joaquim Soares Neto, presidente do Inep, que pediu demissão do cargo

Joaquim Soares Neto, presidente do Inep (Instituto de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira), foi exonerado nesta terça-feira (18), como foi publicado no Diário Oficial da União. Ele teria pedido demissão ao ministro da Educação, Fernando Haddad, ainda em dezembro, alegando “questões pessoais”. Soares Neto deve permanecer no cargo até o final de janeiro ou início de fevereiro.

continua após publicidade

A reitora da Unirio (Universidade Federal do Rio de Janeiro), Malvina Tuttman, foi convidada para assumir o órgão, sua nomeação também foi publicada no D.O.U. Entre as atribuições do instituto estão a organização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

continua após publicidade

Coincidência ou não, o anúncio foi feito após o site do Sisu apresentar instabilidades desde que as inscrições foram abertas no último domingo(16). Além disso, na noite desta quinta-feira, dados dos alunos já inscritos vazaram.

continua após publicidade

Após o sistema ser interrompido durante meia hora para uma manutenção, perfis de estudantes ficaram disponíveis para outros candidatos. O MEC informou que a página podia ser apenas visualizada e não alterada.

As inscrições no programa foram prorrogadas para esta quinta-feira (20) , originalmente o prazo terminaria nesta terça-feira(18).O ministério (Ministério da Educação) já divulgou um novo cronograma para o Sisu. Agora o resultado da primeira chamada está disponível no dia 24 de janeiro. Os selecionados devem se matricular nas instituições de ensino nos dias 27, 28 e 31 de janeiro.