Geral

Escolas destruídas pelas chuvas só ficarão prontas no final de 2011

Da Redação ·
 Chuva destruiu cidade de Palmares no meio do ano de 2010
fonte: Guga Matos/ JC Imagem/ AE
Chuva destruiu cidade de Palmares no meio do ano de 2010

As 42 escolas estaduais e municipais de Pernambuco que foram destruídas pelas enchentes do final de junho de 2010 só devem ficar prontas em dezembro de 2011. A estimativa é da Secretaria Estadual de Educação, que informou ao R7 que os projetos desses prédios já estão prontos, mas as licitações para as obras ainda não foram abertas. Enquanto isso, no início do ano letivo de 2011, alunos deverão continuar a ter aulas em salas adaptadas em prédios públicos e ginásios.

continua após publicidade

No total, 600 unidades escolares foram danificadas pelas chuvas do final do primeiro semestre, afetando 221.231 alunos. Além da destruição, 65 colégios tiveram de ser usados provisoriamente como abrigo, o que prejudicou a realização de aulas. Em Cortês, por exemplo, a escola municipal se transformou em hospital e os alunos foram transferidos para o ginásio municipal de esportes. Para receber as crianças, o local foi adaptado com divisórias e carteiras.

continua após publicidade

Apesar dos transtornos, a Secretaria de Educação afirma que os estudantes não tiveram "prejuízo pedagógico", sendo que a maior parte deles retornou às aulas no início de agosto. Um mês depois, em setembro, a situação dos restantes foi normalizada.

O investimento para reforma e construção das unidades afetadas é de mais de R$ 127 milhões, sendo que o montante inclui recursos das três esferas de governo: municipal, estadual e federal.