Geral

Água avança e inunda ainda mais cidades na Austrália

Da Redação ·
 Água invade ruas de Rockhampton, em Queensland, no nordeste da Austrália; país se prepara para mais enchentes
fonte: Daniel Munoz/Reuters
Água invade ruas de Rockhampton, em Queensland, no nordeste da Austrália; país se prepara para mais enchentes

As inundações que atingem o nordeste da Austrália deixaram mais áreas isoladas nesta terça-feira (4) devido ao aumento do nível dos rios, enquanto o Exército segue distribuindo provisões na região, informaram fontes oficiais.

continua após publicidade

Em Rockhampton, cidade de 75 mil habitantes situada no litoral do Estado de Queensland, todos os acessos ficarão fechados nesta terça-feira, situação que, segundo as autoridades, seguirá por pelo menos duas semanas.

continua após publicidade

Cerca de 500 casas foram esvaziadas e outras 1.200 estão cercadas pela água, enquanto as autoridades preveem que o rio Fitzroy atinja seu nível máximo nesta quarta-feira (5).

continua após publicidade

Mosquitos se proliferam na água suja, o que aumenta o risco de doenças, e haverá cortes de eletricidade. A administração municipal combinou com Exército a entrega de 50 toneladas de alimentos e produtos de primeira necessidade.

Em St. George e Surat, 500 km a oeste de Brisbane, a polícia ajuda os moradores nos preparativos diante do risco de transbordamento do rio Balonne.

continua após publicidade

Enquanto isso, a água se desloca rumo ao sul, e espera-se que nos próximos dias afete o noroeste do Estado de Nova Gales do Sul. Nessa área, os povoados de Goodooga, Weilmoringle e Angledoo terão que ser esvaziados por algumas semanas.

continua após publicidade

Até o momento, 200 mil cidadãos de 22 localidades do Estado de Queensland estão desabrigados pelas inundações, as piores ocorridas nas últimas cinco décadas.

Ao menos dez pessoas morreram em decorrência das enchentes que atingem o país desde o fim de novembro.