Geral

Chuva em MG já causou cinco mortes desde novembro

Da Redação ·
Com mais duas mortes ocorridas hoje, os temporais que castigam Minas Gerais já deixaram cinco mortos no Estado desde a intensificação das chuvas, em novembro, de acordo com a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec). As mortes de hoje foram registradas em Cataguases e Juiz de Fora, ambas na zona da mata mineira, uma das regiões mais castigadas durante a semana. Uma das vítimas foi Fabrício Fernandes Rocha do Amaral, de 4 anos. A casa da família do garoto, no bairro Marilândia, foi atingida por um deslizamento de terra. Cinco pessoas estavam na residência, mas as demais vítimas foram socorridas com vida. Na vizinha Cataguases, uma encosta não resistiu e desabou sobre uma residência no bairro Leonardo, na noite de ontem. De acordo com a Cedec, três pessoas estavam na casa. Duas foram socorridas pouco depois do deslizamento. Mas na madrugada de hoje, homens do Corpo de Bombeiros que faziam buscas no local encontraram o corpo de Marisângela Alves da Silva, de 31. No dia 15 deste mês, uma adolescente de 13 anos foi arrastada pela enxurrada em Santa Maria do Suaçuí. Nos dias 23 e 25 de novembro, Edgar Bispo dos Santos, de 36 anos, foi levado pelas águas do córrego do onça, em Belo Horizonte, e Maria das Graças Azevedo, de 62 anos, foi encontrada entre os escombros de um desabamento em Visconde do Rio Branco. Ainda segundo a Cedec, 34 municípios mineiros decretaram situação de emergência por causa da chuva desde outubro. Até o momento, 9.524 pessoas ficaram desalojadas - as que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares - e 803 desabrigadas - as que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos.
continua após publicidade