Geral

Nobel da Paz passa aniversário em prisão na China

Da Redação ·
 Guarda tenta impedir fotógrafo de registrar imagens do complexo onde Liu Xiaobo está preso; chinês faz 55 anos hoje
fonte: Peter Hanks/28.12.2010/AFP
Guarda tenta impedir fotógrafo de registrar imagens do complexo onde Liu Xiaobo está preso; chinês faz 55 anos hoje

Defensores dos direitos humanos voltaram a exigir a libertação do Nobel da Paz Liu Xiaobo, o dissidente chinês que completa 55 anos nesta terça-feira (27) em uma penitenciária do nordeste da China.

continua após publicidade

Grande figura do movimento em defesa da democracia da praça da Paz Celestial (Tiananmen) em 1989, o intelectual foi condenado no Natal de 2009 a 11 anos de prisão por "subversão", por ter sido um dos autores da "Carta 08", um pedido de democratização da China.

continua após publicidade

A ONG Chinese Human Rights Defenders (CHRD), uma rede baseada em Hong Kong de militantes dos direitos humanos, anunciou que "aproveita a ocasião para desejar um feliz aniversário a Liu Xiaobo e pedir mais uma vez sua libertação imediata e incondicional".

continua após publicidade

Liu Xiaobo, único Nobel da Paz preso no mundo, se tornou no dia 8 de outubro o primeiro cidadãos chinês a vencer o prêmio.
Como ele e sua família não foram autorizados a comparecer à cerimônia de entrega do prêmio no dia 10 de dezembro em Oslo, foi representado simbolicamente por uma cadeira vazia.

A CHRD recordou em um comunicado que este é o primeiro aniversário que Liu Xiaobo passa na penitenciária de Jinzhou, na província de Liaoning (nordeste), e que nos dois anos anteriores também não teve condições de celebrar o aniversário em liberdade.

continua após publicidade

Em 2009 ele estava detido em Pequim pouco depois da condenação e em 2008 estava sob vigilância policial fora da capital chinesa.

Copyright AFP - Todos os direitos de reprodução e representação reservados