Geral

Prefeitura do Rio inaugura 1ª sala de cinema no Alemão

Da Redação ·
Acompanhado do secretário estadual de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, e do coronel da Polícia Militar Mario Sérgio Duarte, o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes, inaugurou hoje a primeira sala de cinema do Complexo do Alemão. Na ocasião, o prefeito disse que assinou um decreto de emergência para investir R$ 150 milhões em creches e escolas na região. "A Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) vai tratar o complexo como trata o Leblon", prometeu Paes, se referindo ao bairro nobre do Rio. Ao elogiar a iniciativa da construção do cinema, Beltrame disse que "cultura e educação são requisitos indispensáveis no processo de recuperação do Complexo do Alemão". Ele foi homenageado com uma placa oferecida pelo prefeito. Para assistir à primeira sessão do filme "Tron, O Legado", foram chamados os 60 melhores alunos das 4ª e 5ª séries de escolas da favela. De acordo com a terceira coordenadora regional de educação, Maria do Amparo Miranda, existem mais do que 60 alunos com notas boas no complexo, mas não houve problema de disputa. "Muitos viajaram, ou não estavam em casa na hora que nós ligamos", afirmou. O cinema vai exibir quatro sessões por dia, de filmes diferentes, para crianças, adolescentes e adultos. Alunos, professores, idosos e portadores de necessidades especiais do complexo e adjacências pagam meia entrada (R$ 4,00). O cineasta Cacá Diegues, que também participou da inauguração, disse que essa é uma iniciativa interessante, por contrastar com o que ele chamou de "cinema de butique" (salas que ficam em shopping centers).
continua após publicidade