Geral

ONU: 173 morreram na última semana na Costa do Marfim

Da Redação ·

O ONU informou nesta quinta-feira que 173 pessoas morreram na última semana na violência que se seguiu às eleições presidenciais na Costa do Marfim, realizadas no mês passado.

continua após publicidade

A informação foi divulgada em meio à pressão para que o presidente Laurent Gbagbo deixe o cargo e aceite a derrota para o oposicionista Alassane Ouattara.

continua após publicidade

A ONU e as principais potências ocidentais reconheceram Ouattara como o novo presidente. Os Estados Unidos disseram estar explorando formas de fortalecer a presença da ONU na Costa do Marfim.

continua após publicidade

Na terça-feira, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, acusou aliados de Gbagbo de impedir o trabalho da organização no país.

A ONU acusou ainda Gbagbo de recrutar mercenários liberianos para auxiliar as tropas do país na repressão à oposição.