Geral

Infraero: passageiro deve ligar para confirmar voo

Da Redação ·
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) divulgou comunicado hoje falando sobre a greve anunciada por aeroviários e aeronautas para amanhã. A empresa afirma que mantém seu efetivo empenhado para garantir a operação dos aeroportos, mas oficializa a recomendação de que todos os passageiros devem telefonar para a companhia aérea para confirmar o voo, antes de seguir para o aeroporto. Segundo o texto, "em caso de atraso ou cancelamento de voos já no aeroporto, o passageiro deve procurar a empresa aérea e, se necessário, um representante da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) ou o Juizado Especial nos aeroportos que possuírem as unidades de atendimento". Até as 17 horas de hoje, a Infraero registrou atrasos em 566 voos domésticos nos aeroportos de todo o País, o que representa 30,9% dos 1833 voos programados. O total de 41 voos internacionais foram cancelados no mesmo período, ou 34,2% dos 120 programados. Os atrasos podem ser reflexo dos cancelamentos de voos em aeroportos das principais capitais de países europeus por conta das nevascas de início do inverno. No Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, também conhecido como Cumbica, foram contabilizados 76 voos domésticos atrasados, ou 49,7% dos 153 voos domésticos programados. Dos voos internacionais, 24 sofreram atrasos, ou 39,3% dos 61 programados. No aeroporto de Congonhas, na capital paulista, 45 voos tiveram atrasos, representando 26,9% dos 167 voos programados. A empresa aérea Gol é a com maior proporção de voos internacionais atrasados, 15, ou 48,4% dos 31 voos internacionais programados. Nos voos domésticos a empresa aérea TAM é a campeã de atrasos, 283, o que representa 46,6% dos 607 programados.
continua após publicidade