Geral

Infraero registra atrasos em 23% dos voos internacionais

Da Redação ·
A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) registrava, até as 11 horas, atrasos superiores a 30 minutos em 23% dos voos internacionais. O índice está acima da média aferida até novembro - cerca de 12% - e na primeira quinzena de dezembro, cerca de 15%. O alto índice de atrasos pode ser reflexo dos problemas que as companhias aéreas têm enfrentado em aeroportos da Europa por causa das nevascas. O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, é o que registra o índice mais elevado de decolagens fora do horário para voos internacionais: 9 das 15 programadas em todo o País. O Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, teve 25% dos voos internacionais atrasados e dois cancelados. Entre os voos nacionais, a média de atrasos, até as 11 horas, era de 15,2%. O Aeroporto de Brasília teve atrasos em 15 dos seus 70 voos nacionais programados (21,4%). O Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, registrou o mesmo problema com 11 de seus 53 voos nacionais (20,8%).
continua após publicidade