Geral

Verão inicia com eclipse total da Lua

Da Redação ·
 A sombra da Terra avança sobre a Lua no eclipse visto do estado americano de Dallas, nos EUA
fonte: AP
A sombra da Terra avança sobre a Lua no eclipse visto do estado americano de Dallas, nos EUA

Na madrugada de terça-feira aconteceu o último eclipse total da Lua do ano. O fenômeno começou por volta das 4h. O eclipse foi o primeiro a coincidir desde 1683 com o solstício, que marca o início do inverno no hemisfério norte e o começo do verão no hemisfério sul.
 

continua após publicidade

No Sul e no Sudeste, o eclipse só foi visto por alguns minutos, já que a Lua se pos por volta das 5h30m. Os melhores locais para observar o fenômeno foram no Acre, em Roraima, em Rondônia e no Amazonas. A observação foi apenas parcial nos estados litorâneos. O eclipse total foi visto na América do Norte, Europa Ocidental e parte da Ásia.
 

Um eclipse lunar só é possível durante a Lua cheia. Quando o Sol, a Terra e a Lua estão bem alinhados, o satélite natural pode ficar momentaneamente privado de luz solar, caso esteja no cone de sombra da Terra.
 

continua após publicidade

Às 4h (no horário de Brasília) a Lua entrou na penumbra da Terra e seu brilho começa a esmaecer. A partir das 4h30m, a Lua tocou a umbra, ou a parte mais escura da sombra terrestre, e seu brilho começa a diminuir bastante. Às 5h40m a Lua ficou totalmente na umbra e adquiriu uma cor alaranjada. Esse é o efeito dos raios de luz do Sol que atravessam a atmosfera da Terra e iluminam a Lua.