Geral

Venezuela rejeita indicação dos EUA para embaixada

Da Redação ·
O governo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, rejeitou formalmente hoje a indicação de Washington para o posto de embaixador dos Estados Unidos em Caracas. O Departamento de Estado norte-americano afirmou que a decisão "trará consequências" para as relações entre os dois países. Em Washington, o porta-voz da chancelaria norte-americana, P. J Crowley, disse que a Venezuela apresentou a um diplomata norte-americana em Caracas uma mensagem retirando o consentimento para que Larry Palmer seja nomeado embaixador. Crowley reiterou que os EUA mantêm o apoio a Palmer, que ainda está à espera da confirmação de sua indicação pelo Senado norte-americano. No sábado, Chávez advertiu que, se viajasse à Venezuela, Palmer seria detido e deportado para os EUA no voo seguinte. Palmer teria irritado Chávez por ter dito durante sabatina no Senado que o moral das tropas venezuelanas é baixo e que estava preocupado com a possibilidade de guerrilheiros colombianos estarem encontrando refúgio em solo venezuelano. As informações são da Associated Press.
continua após publicidade