Geral

Operação na Mangueira, no Rio, termina com 11 presos

Da Redação ·
Onze pessoas foram presas hoje durante operação realizada por cem policiais de delegacias especializadas no Morro da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação tinha como objetivo prender traficantes que fugiram do Complexo do Alemão após ocupação policial, no final de novembro. Foram apreendidos uma submetralhadora, uma pistola, 10 quilos de cocaína e material para embalar droga. Quando os policiais chegaram ao morro houve uma rápida troca de tiros. Os criminosos colocaram barreiras com trilhos de trem para evitar que os policiais conseguissem passar pelo local. Durante operação, a polícia localizou em uma casa uma passagem subterrânea que era usada como fuga pelos criminosos. Dentro da cozinha, o túnel tinha 30 metros de extensão por 1 metro de altura e dava acesso a outra residência. Entre os presos está Vagner Poliano Ferreira, o Vaguinho da Vila Cruzeiro, apontado como gerente do tráfico de Alexander Mendes da Silva, o Polegar, que controla as bocas-de-fumo do morro. Um adolescente também foi apreendido. Segundo a polícia, ele estava com a submetralhadora e foi baleado na troca de tiros. Levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, ele passa bem. Da operação participaram agentes da Polícia Interestadual (Polinter) que tentavam cumprir 30 mandados de prisão. Eles tiveram o apoio de homens da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core). Policiais do 4º Batalhão da PM (São Cristóvão) deram suporte, patrulhando ruas de acesso ao morro.
continua após publicidade