Geral

Maioria dos estudantes falta à reaplicação do Enem

Da Redação ·
Pouco menos da metade dos 9,5 mil estudantes de 17 Estados brasileiros convocados pelo Ministério da Educação (MEC) para a reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) compareceram ontem ao local da prova. O clima era de desmotivação nas escolas e, na saída, muitos consideraram o novo exame mais difícil do que o primeiro. Foram chamados para refazer as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias os alunos prejudicados pela inversão da ordem do cabeçalho do cartão-resposta e pelos erros de impressão e montagem no caderno de cor amarela do exame aplicado em 6 de novembro, primeiro dia do Enem 2010. Para chegar aos estudantes, o MEC analisou as atas das salas onde a prova foi aplicada. A Justiça chegou a liberar o Enem para todos os candidatos que se sentissem prejudicados, mas o governo conseguiu derrubar a decisão. Segundo o MEC, 35 alunos fizeram a prova graças à liminar. A abstenção de ontem não surpreendeu o ministro da Educação, Fernando Haddad. "Isso mostra que alunos não se sentiram prejudicados." Ele afirmou que o ministério procurou ser "o mais abrangente possível" ao estabelecer critérios para que alunos pudessem fazer a prova novamente. O ministro descartou a possibilidade de que o baixo comparecimento tenha ocorrido por falta de interesse após as falhas apresentadas neste ano. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova, o exame realizado em 6 de novembro não será utilizado para o cálculo da nota final para os estudantes que refizeram a prova ontem. Caso contrário, continuará valendo a nota da prova de novembro. O Inep informou que os gabaritos e as provas reaplicadas ontem serão divulgados em seu portal na próxima terça-feira, às 18 horas. E divulgou que os resultados do Enem 2010 estarão disponíveis na primeira quinzena de janeiro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
continua após publicidade