Geral

Berlusconi supera moção de censura na Câmara

Da Redação ·
O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, superou hoje a moção de censura na Câmara dos Deputados. Caso perdesse, Berlusconi poderia se ver forçado a renunciar. O placar foi apertado, com 314 deputados a favor do líder e 311 contra. A Câmara dos Deputados tem 630 cadeiras. Mais cedo, Berlusconi recebeu um voto de confiança no Senado, onde a situação tem maioria folgada. No Senado, o premiê obteve 162 votos de apoio ao governo e 135 contrários. Na Câmara Baixa, houve recentemente uma ruptura entre a administração e o ex-aliado Gianfranco Fini, o que retirou a maioria folgada do governo de centro-direita. A moção de censura era considerada uma das votações mais importantes nos 16 anos de carreira de Berlusconi. Uma derrota poderia levá-lo a renunciar, antecipando as eleições. As informações são da Dow Jones.
continua após publicidade