Geral

Três delegados da cúpula da PF são denunciados à Justiça

Da Redação ·

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça três delegados da cúpula da Polícia Federal no Rio, acusados de intimidar outro delegado que denunciou irregularidades no Aeroporto Internacional Tom Jobim. O superintendente regional, Ângelo Fernandes Gióia, o corregedor, Luiz Sérgio de Souza Góes, e o chefe do Núcleo de Disciplina da Corregedoria, Robson Papini Mota, são acusados de abrir duas sindicâncias contra o delegado que fez a denúncia, supostamente para intimidá-lo.  

continua após publicidade

Segundo denúncia recebida pela 8ª Vara Federal Criminal do Rio, o delegado, cujo nome não foi divulgado pelo Ministério Público, teria revelado ineficiência da Polícia Federal no combate ao tráfico de drogas e armas no aeroporto.  

Menos de dez dias depois, segundo o MPF, foram abertos dois processos disciplinares e a vítima foi afastada preventivamente de suas funções por força de um dos processos. Os procuradores da República Fabio Seghese e Marcelo Freire consideraram o processo disciplinar “completamente atípico e extraordinário para os padrões do setor”.  

continua após publicidade

Os três delegados responderão por denunciação caluniosa, coação no curso do processo e abuso de autoridade. O MPF também pediu o afastamento dos três delegados de suas funções e moveu ação de improbidade administrativa com pedido de afastamento cautelar e suspensão dos processos disciplinares em curso.