Geral

Sem o laureado, comitê entrega Prêmio Nobel da Paz

Da Redação ·
 Cadeira vazia representando Liu Xiaobo é vista na cerimônia de entrega do Prêmio Nobel da Paz em Oslo, na Noruega
fonte: AFP
Cadeira vazia representando Liu Xiaobo é vista na cerimônia de entrega do Prêmio Nobel da Paz em Oslo, na Noruega

Sem a presença do laureado, começou nesta sexta-feira (10) em Oslo, na Noruega, a entrega do Prêmio Nobel da Paz ao dissidente chinês Liu xiaobo.
 

continua após publicidade

A China não permitiu que o ativista, que cumpre pena de 11 anos de prisão, participasse da cerimônia.
 

Uma cadeira vazia e um retrato gigante dele simbolizam sua presença.
 

continua após publicidade

A atriz sueca Liv Ullmann iria ler um texto de autoria dele.
 

Pouco antes do início da cerimônia, o presidente dos EUA, Barack Obama -que recebeu o prêmio em 2009- pediu em comunicado que a China liberte Xiaobo "o mais rápido possível", dizendo que ele representa "valores universais".
 

O governo chinês criticou a premiação e acusou o Nobel de tentar "impor valores ocidentais ao país". A China boicotou a cerimônia e, segundo o comitê do Nobel, pressionou países a que não participassem da cerimônia.
 

continua após publicidade

A casa do premiado, onde sua mulher cumpre prisão domiciliar, estava sob forte policiamento na China horas antes da cerimônia de entrega do prêmio.
 

Xiaobo foi um dos líderes do movimento da Praça da Paz Celestial, ocorrido em 1989. Ele cumpre pena por subversão por ter redigido a "Carta 08", documento que pede a democratização da China.