Geral

Decisão sobre mandar Bruno a júri popular é adiada

Da Redação ·

A juíza Marixa Fabiane Lopes, do Tribunal de Júri de Contagem (MG), adiou a decisão sobre mandar ou não o goleiro Bruno Fernandes de Souza e outros sete acusados para júri popular. A decisão sobre o processo da morte e desaparecimento de Eliza Samudio ainda não tem data definitiva.

continua após publicidade

De acordo com o tribunal, o adiamento ocorreu porque Zanone Manoel, advogado de defesa de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, não entregou as alegações finais à juíza. Ainda hoje deve ser ouvido no Fórum de Lafayette, em Belo Horizonte, o delegado Wagner Pinto, que participou das investigações do crime.