Geral

Empresa pode trocar até 40 turbinas de maior avião do mundo

Da Redação ·
 Técnicos inspecionam turbina que explodiu durante voo com Airbus A380 da empresa australiana Qantas
fonte: David Loh/04.11.2010/Reuters
Técnicos inspecionam turbina que explodiu durante voo com Airbus A380 da empresa australiana Qantas

A fabricante britânica Rolls-Royce pode substituir até 40 turbinas de aviões Airbus A380 - as maiores aeronaves de passageiros do mundo -, utilizados por diversas companhias aéreas, após a explosão em pleno voo, no último dia 4, de um motor de um jato da empresa australiana Qantas.

continua após publicidade

Um porta-voz da Qantas disse nesta quinta-feira (18) que, além de equipar os A380 da companhia australiana, os motores Rolls-Royce com defeito são utilizados em superjumbos das empresas Singapore Airlines e Lufthansa.

continua após publicidade

- A Rolls-Royce vai revisar e pode substituir até 40 turbinas de toda a frota de aviões A380.

continua após publicidade

O porta-voz salientou que o número de turbinas substituídas pode aumentar, já que as inspeções ainda estão acontecendo.

- Na Qantas, até o momento, já substituímos três turbinas, em aviões diferentes. Prosseguimos com nosso programa de inspeção e ainda não estamos certos do número definitivo de turbinas a substituir.

continua após publicidade

A Qantas paralisou seus seis aviões Airbus A380 após o grave incidente - o mais sério com aviões desse modelo até agora -, que forçou um pouso de emergência em Cingapura. Nenhuma das 466 pessoas a bordo ficou ferida.

Na última sexta-feira (12), a Rolls-Royce informou ter diagnosticado a origem do problema e disse que um componente defeituoso, supostamente responsável por pequenos vazamentos de óleo, está sendo substituído nas turbinas Trent 900 que equipam os A380 das companhias Qantas, Singapore Airlines e Lufthansa.